25 de abr de 2012

Polícia prende chefões do jogo do bicho em Santarém


Operação conjunta das polícias Civil e Federal apreendeu dezenas de máquinas caças níqueis

Na manhã desta quarta-feira, 25, as Polícias Federal e Civil, deram início a operação “Caça-caçador” e conseguiram apreender dezenas de máquinas caça-níqueis, junto com estas geringonças do azar, também foram presas pessoas que tinham em seu poder as conhecidas máquinas de fazer meliantes. Estas pessoas foram ouvidas pelo superintendente Gilberto Aguiar e pelo delegado Sílvio Birro, que estavam à frente da Operação, junto com uma centena de policiais civis e federais.

Operação da Polícia

Os caça níqueis foram apreendidos nos quatro cantos da cidade, inclusive em zonas periféricas. Segundo o delegado Silvio Birro, a operação “Caça-caçador” estava sendo montada há cerca de dez meses pela Polícia Civil, em conjunto com agentes da Polícia Federal. Na sede da PF em Santarém chegaram presos três empresários (Celso Rates, Reginaldo de Paiva Lima e Railson rabelo chagas), que comandam o jogo ilegal em Santarém. As máquinas apreendidas foram lacradas e levadas para a Superintendência de Polícia Civil em Santarém.

Os empresários do jogo do bicho ainda serão ouvidos pela Polícia Federal, onde se encontra detidos.

A Operação causou surpresa e pegou todos desprevenidos e faz parte de uma ação da Justiça para coibir o jogo do bicho em todo o País. Dezenas de máquinas caças níqueis foram apreendidas em vários pontos da cidade.

Fonte: RG 15/O Impacto



Nenhum comentário:

JURUTI: Promotoria ajuíza Ação contra 14 reús no caso “mensalinho de Juruti”

A promotoria de Justiça de Juruti ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa em face do ex-prefeito municipal, três ve...

Postagens mais visitadas