13 de abr de 2012

STF nega pedido de Demóstenes para anular gravações dele com Cachoeira

Fonte: Wilson Dias/Abr



SEN. DEMÓSTENES TORRES O Supremo Tribunal Federal (STF) negou, nesta sexta (13), o pedido de anulação das gravações feitas pelo advogado de defesa do senador Demóstenes Torres (DEM-GO). Nas ligações, Demóstenes aparece em conversas com o empresário Carlinhos Cachoeira, preso pela Polícia Federal (PF) por chefiar uma quadrilha de jogos ilegais no Goiás. A decisão é do ministro Ricardo Lewandowsky, que entendeu a legitimidade das gravações feitas pela PF durante a Operação Monte Carlo. O senador havia pedido a anulação das gravações e a paralisação das investigações sob argumento de que, por ter foro privilegiado, não poderia ter sido monitorado sem o aval da corte.

Nenhum comentário:

JURUTI: Promotoria ajuíza Ação contra 14 reús no caso “mensalinho de Juruti”

A promotoria de Justiça de Juruti ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa em face do ex-prefeito municipal, três ve...

Postagens mais visitadas