23 de out de 2012

PF investiga mais de 30 casos de tráfico de mulheres no PA

Pará - Elas têm entre 18 e 25 anos, são moradoras de bairros periféricos e têm baixa escolaridade. De acordo com a Polícia Federal, este é o perfil das mulheres que são vítimas do tráfico internacional de pessoas. Atualmente, no Pará são investigados 39 casos e pelo menos mil são acompanhados pela polícia e pelo Governo Brasileiro.

O tema será abordado na nova novela da Rede Globo "Salve Jorge" que estreou nesta segunda-feira (22) no horário das 21h. A personagem principal recebe uma proposta para trabalhar no exterior e acaba prisioneira e sem poder voltar para casa.

"A novela ajuda no alerta as famílias sobre a gravidade desta situação. Recebemos pedidos de ajuda para o resgate destas mulheres, mas é complicado porque não se trata apenas de um trabalho policial e sim diplomático, ligado ao Ministério das Relações Exteriores", conta Fernando Sérgio Castro, da Polícia Federal.

Ele explica que as rotas de tráfico de paraenses passa, em sua marioria, pelo Suriname e, depois, segue para países como Portugal e Espanha.

Para o policial, um dos problemas são as redes aliciadoras. "O aliciador é, geralmente, alguém próximo, que está no dia-a-dia das vítima, que vive no mesmo bairro", alerta.

Serviço

É possível denunciar casos de tráfico e exploração internacional de mulheres pelo telefone (91) 3214.8014 e 3214.8000.

Fonte: G1 Pará

Nenhum comentário:

JURUTI: Promotoria ajuíza Ação contra 14 reús no caso “mensalinho de Juruti”

A promotoria de Justiça de Juruti ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa em face do ex-prefeito municipal, três ve...

Postagens mais visitadas