1 de nov de 2012

Eleições em Aveiro - Prefeito Eleito será alvo de Pedido de Cassação.


O Candidato Eleito nessa ultima eleição de 2012 em Aveiro Olinaldo Barbosa, o Fuzica  poderá nem assumir porque se tornará alvo de uma ação com pedido de cassação do registro ou diploma sob acusação de compra de votos feitos na ultima eleição.
O candidato está sendo denunciado por diversas pessoas de diversas comunidades de Aveiro, por ter sidas coagidas a votar em Fuzica em troca de algo, dentre as denuncias estão as doações de combustível, materiais de construção como telhas e cimento, alem de sexta básicas, feitas por coordenadores de campanhas e por candidatos ligados ou apoiadores de Fuzica.
As denuncias serão enviadas ao Ministério Publico Eleitoral nessa próxima semana e de acordo com o contato feito pelos advogados que estão promovendo a ação, Fuzica será cassado e não assumira a prefeitura em 2013.
Dentre os apoiadores da campanha de Fuzica estão a ex-prefeita cassada nas eleições de 2008 por compras de votos Gorete Dantas Xavier, que voltará também a ser citada, dessa vez por compras de votos para seu Filho candidato a Vereador, Minguel Xavier e o candidato a prefeito Fuzica.
O promotor explicou que no artigo 41-A da Lei das Eleições constitui captação ilícita de sufrágio, o candidato que “doar, oferecer, prometer ou entregar ao eleitor com o fim de obter-lhe o voto, bem ou vantagem pessoal de qualquer natureza, inclusive emprego ou função pública, desde o registro da candidatura até o dia da eleição
  Alem dessa ação a uma outra denuncia que está sendo protocolada no Ministério Publico Eleitoral, relatando diversas irregularidades ocorridas em Aveiro nessa ultima eleição, como candidatos que não poderiam se candidatar devido a falta de documentos obrigatórios e a não descompatibilização dentro dos prazos previsto em lei. Como também o derramamento de panfletos falsificados com a assinatura da Juíza Eleitoral na véspera da eleição dando conta que os candidatos Fernando Soares e Ranilson do Prado estariam cassados pela justiça eleitoral e não poderiam concorre a eleição, fatos esses que foram comprovados pela Delagada responsável por dar a segurança no dia do pleito e por uma magistrada que também estava auxiliando as eleições no município.
São fatos preocupantes que se comprovados poderão dar uma reviravolta total no cenário político de Aveiro.
Fonte: André Paxiúba.

Nenhum comentário:

Começa hoje a aplicação da Prova Brasil que será base para o calculo do IDEB das Escolas

A Prova Brasil, que pela primeira vez vai englobar os alunos do ensino médio da rede privada, será aplicada entre os dias 23 de outubro ...

Postagens mais visitadas