4 de nov de 2012

Corpo em estado de decomposição é encontrado algemado no mato.



Na tarde desta sexta feira (02), por volta das 15 horas, a nossa reportagem foi informada da existência de um corpo abandonado em uma propriedade localizada a 13 Km do centro da cidade, precisamente no Ramal União.

Diante das informações primeiramente acionamos a Polícia Militar, na pessoa do Coronel Josafá Borges, que imediatamente enviou uma viatura com a guarnição comandada pelo 3º Sgt. Soares, que nos acompanhou até o local. Chegando ao local nos deparamos com uma cena macabra. Os restos mortais de um homem, o que foi possível salvar dos urubus, encontrava-se estirado a uma distância de três metros da estrada.

Pelo estado de decomposição, o corpo se encontrava a mais de cinco dias no local, tendo, em sua maioria, já devorado por centenas de urubus que ainda se encontravam nas proximidades, após serem expulsos de cima do cadáver pelo pecuarista Riba, que tem uma fazenda nas proximidades. Em uma rápida observação do local, concluímos que o corpo pertencia a um homem ainda jovem, que teria sido algemado, levado até o local e incendiado ainda com vida.

Uma cena cruelmente imaginada, considerando que no local existem dois locais com sinais de fogo. Sendo o primeiro, onde o executor ou executores teriam ateado fogo na vítima que saiu agonizando por aproximadamente três metros, ao mesmo tempo em que seu corpo era consumido pelo fogo, caindo logo em seguida onde faleceu.

Com informações do blogs do Amaral e Junior Ribeiro.

Nenhum comentário:

Briga em barco que retornava do Parana Miry termina em morte na orla de Itaituba

No fim a tarde do último (20), ocorreu um homicídio na orla, próximo o porto da Sonda. Segundo relatos de outros passageiros de ...

Postagens mais visitadas