3 de dez de 2012

Noticias do Planalto Central!

'IstoÉ': com fama de destemperada, Rose avisou que não vai 'cair sozinha'

IstoÉ
Foto
Em sua edição desta semana, a revista semanal IstoÉ informou que o eventual indiciamento de Rosemary Nóvoa de Noronha, a "Rose", pela Polícia Federal, por tudo o que ela representa, causará calafrios no PT. “Não vou cair sozinha”, disse ela ao longo da semana. “Tememos pelo seu destempero”, reconhece um petista com trânsito no governo. A revista informa que não foram pedidas interceptações telefônicas dela, o que houve foi a solicitação dos e-mails retroativos. O primeiro e-mail em que ela aparece foi de 2009. De acordo com a procuradora do MPF, Suzana Fairbanks, o grupo criminoso agia seguindo o padrão de tentar achar brechas jurídicas para retirar uma decisão de um órgão e levá-la para outro, onde já contava com servidores cooptados para fazerem uma análise favorável do caso. “Eles não paravam de cometer crimes. É o tempo inteiro. É o modus operandi deles. Está na vida deles e eles só fazem isso o tempo todo”, disse a procuradora.
 
'Época': PF não quis investigar Rose, que se apresentava 'namorada de Lula'
 
A revista Época que está nas bancas publicou uma reportagem sem meias palavras sobre a nova personagem que irrompeu na cena política: Rosemary Nóvoa de Noronha, a "Rose", suspeita de corrupção e tráfico de influência nos governos Lula e Dilma. Segundo a revista, ao se dirigir a diretores de empresas estatais ou órgãos do governo, Rose frequentemente se apresentava como “namorada” do ex-presidente. E mostrava sua força: pediu e conseguiu a nomeação dos irmãos Paulo Vieira e Rubens Vieira para os cargos de diretores das agências reguladoras ANA (águas) e Anac (aviação civil), respectivamente, e, além de ajudar na escolha do atual presidente doBanco do Brasil, Aldemir Bendine, conseguiu negócios no BB para empresa ligada a familiares dela. A revista examinou o processo, do qual obteve cópia integral, e concluiu: "A PF, mesmo diante das evidências de que Rose era uma das líderes da quadrilha, optou por não investigá-la. Não pediu o monitoramento das comunicações de Rose e não quis detonar a Operação Porto Seguro no começo de setembro, quando a Justiça autorizara as batidas e prisões. Esperou até o fim das eleições municipais."

 PF tem indícios de ligação entre Paulo Vieira e ex-presidente do INSS
Foto
MAURO HAUSCHILD
O inquérito da Polícia Federal sobre a Operação Porto Seguro traz e-mails e documentos que ligam a quadrilha, supostamente chefiada por Paulo Vieira, ex-diretor da Agência Nacional de Águas, ao ex-presidente do INSS, Mauro Hauschild. Segundo informações da Folha de São Paulo, Vieira teria ordenado o pagamento de despesas feitas por Hauschild, no valor de R$ 5.800, junto a uma incorporadora de imóveis. Outro indício da associação entre os dois seria a produção de pareceres da Advocacia Geral da União em favor da entrada da União no processo sobre a concessão de uso da Ilha das Cabras, em São Paulo, quando Mauro Hauschild era advogado-geral adjunto e tinha poderes sobre tais decisões. A ilha, que é ocupada pelo ex-senador Gilberto Miranda (PMDB-AM), também é citada pela PF como parte do esquema de Vieira.

Carvalho sobre corrupção: 'As coisas não estão mais embaixo do tapete'

Foto
MINISTRO GILBERTO CARVALHO
O ministro Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência da República) afirmou na manhã desta segunda-feira (3) que os órgãos de fiscalização e controle do governo federal nunca tiveram tanta autonomia e liberdade, e que as coisas não estão mais embaixo do tapete. "A impressão de que há mais corrupção agora não é real. O que há mais agora é que as coisas não estão mais embaixo do tapete", disse o ministro. Questionado se o governo apoia ações do Ministério Público, da Polícia Federal e da Controladoria-Geral da República "doa a quem doer", o ministro respondeu: "Sempre foi assim". Porém, ele não quis falar especificamente sobre os desdobramentos da Operação Porto Seguro, da PF, que flagrou um esquema corrupção e tráfico de influência com participação de diretores de agências reguladoras, da ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo e de outros funcionários do governo federal.

Lula vai a forum em Paris. Sem Rose.

Foto
EX-PRESIDENTE LULA
Mesmo em meio ao furacão Rosemary, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que de nada sabe, dá encaminhamento à sua turnê pelo mundo. Está marcado para os próximos dias 11 e 12, em Paris, o Fórum Pelo Progresso Social, organizado por seu instituto e pela Fundação Jean-Jaurès. Dentre os convidados para o evento estão a presidenta Dilma Rousseff e o presidente da França, François Hollande. Na ocasião, serão discutidos temas como a situação econômica mundial e a globalização. Lula irá palestrar sobre suas reflexões para o futuro, mas, ao contrário do que aconteceu cerca de trinta ocasiões em viagens oficiais ao exterior, enquanto foi presidente, não terá a companhia da ex-chefe de gabinete Rosemary Nóvoa de Noronha, a "Rose", que segundo a revista Época se apresentava como sua namorada.

Fonte: Claudio Humberto.


Nenhum comentário:

PM prende em Jacareacanga foragido da justiça de Itaituba

No ultimo domingo (13),  Policiais Militares da UIPP de Jacareacanga prenderam Valdinei Cardoso Costa (foto). Contra ele há um mandado d...

Postagens mais visitadas