28 de jan de 2013

Homem é preso acusado de dar golpe em idosos em STM

Michel André Ferreira, 31 anos: Aplicava golpe em idosos.

Santarém - Um crime bem conhecido, mas que muitos idosos ainda caem. O velho ‘conto do paco’. Na manhã desta segunda-feira (28), um homem acusado de aplicar golpes no Centro de Santarém foi preso com vários cartões bancários.

Michel André Ferreira, de 31 anos, foi preso logo após ter aplicado o golpe no aposentado Osmar Colares, que estava em uma agência bancária. A vítima contou que mais dois homens agiram em parceria com o acusado, fingindo ajudar o aposentado a lidar com o caixa eletrônico. “Eu sentei lá fora e chagaram esses dois. E mexeram pra cá e pra ali e disseram: ‘hoje não, só amanhã tu vem’. Aí eu guardei o cartão, mas já não era mais o mesmo, já tinham trocado. Eles pegaram minha senha. Aí eu saí. Quando eu ia saindo, o outro me chamou e fomos lá de novo, aí foi meter e disse que estava cancelado o cartão”, relatou.
“Fomos averiguar a situação e nos deparamos com o fato de que ele era um grande procurado pela polícia. Ele veio de Belém com uma certa quantia de cartões de crédito para ele fazer a troca, fingia que trabalhava no banco e assim conseguia manipular a situação, trocando o cartão da vítima e fazendo o saque. Ele conseguiu fazer o saque da pessoa e, quando ele conseguiu sair, nós conseguimos agarrar ele na frente do banco com uma certa quantia, que foi devolvida ao senhor”, informou o soldado da Polícia Militar, Adriangelo de Castro.

Cartões bancários encontrados com o acusado (Foto: Reprodução/TV Tapajós)
O acusado negou as acusações mas confirma que estava com o cartão do aposentado. “O cartão dele estava comigo, mas eu não tinha tirado nada ainda”, disse.

A polícia informou ainda que o restante dos acusados estão sendo procurados pela cidade e que estão em um carro modelo Fiat Palio, na cor verde.

A orientação da polícia é de que, caso haja alguma dúvida em relação aos serviços bancários, o usuário deve se dirigir aos funcionários do banco que estejam identificados com camisa e crachá.

Para as pessoas que possam ter sido vítimas do acusado, a polícia recomenda que se dirijam até a delegacia de Polícia Civil a fim de fazer o reconhecimento e registrar ocorrência contra o mesmo.

Redação Notapajos com informações de Márcia Andrade

Nenhum comentário:

A pedido dos Munduruku, MPF intensifica atuação contra garimpo ilegal em terra indígena no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) convocou reunião para esta sexta-feira (20) em Itaituba, no sudoeste do Pará, para levantar dados sobre...

Postagens mais visitadas