4 de jan de 2013

FILAS EM LOTÉRICAS IRRITAM QUEM PRECISA DO SERVIÇO.


Intermináveis filas nas casa lotéricas de Itaituba.
Ficar em pé num calor insuportável esperando o atendimento em filas de casas loterias em Itaituba, é algo frustante, principamente em uma lotérica que fica localizada no porto da balsa, onde é usado principalmentes por colonos, que vem a cidade, tanto pra pagar contas, como pra fazer uma fézinha. Um simples pagamento de uma conta de água ou luz, algo simples, que levaria no máximo dez ou quinze minutos, dependendo do atendimento da casa lotérica, pode chegar a duas horas ou mais de atraso.

Uma lei determina que o prazo máximo de espera é de 15 a 20 minutos, mas muitas instituições não cumprem, e muitas vezes os clientes perdem a paciência, pois tem os compromissos; essa demora faz parecer que as lotéricas acham que não temos nada mais para fazer, apenas ficar esperando na fila. Em dias normais, o tempo hábil para ficar em uma fila são 15 minutos; nos dez primeiros dias e no último dia útil de cada mês 20 minutos; e nas segundas-feiras e dias seguintes aos feriados prolongados, 25 minutos, de acordo com a lei, nem os bancos e nem as casa lotéricas cumprem este limite de espera esta sujeito ao pagamento de multas de até 100 salários mínimos e poderão o alvará de funcionamento cassado.

Mas, não apenas as demoradas filas em bancos que acabam com a nossa paciência, muitos estabelecimentos, não respeitam o cidadão, e longas filas se formam; casas lotéricas e Correios são alvo constantes de reclamações, muitas vezes, há muitas pessoas na fila, e apenas um atendente, e o local, disponibiliza em média de dois a três funcionários para o serviço, e essa falta de pessoal nos atendimentos, não ocorre apenas na hora do almoço ou café dos funcionários, é comum chegar ao este estabelecimentos e ter funcionários batendo papo em uma sala ao lado.

Nenhum comentário:

JURUTI: Promotoria ajuíza Ação contra 14 reús no caso “mensalinho de Juruti”

A promotoria de Justiça de Juruti ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa em face do ex-prefeito municipal, três ve...

Postagens mais visitadas