2 de jan de 2013

FUZICA É "DERROTADO" PELO PRÓPRIO PARTIDO NA CÂMARA.



Fuzica, agora prefeito de Aveiro, comemorou demais e se preocupou de menos. Começou pela falta de interesse na transição de governo, falta de anúncio oficial do secretariado e terminou com uma derrota na câmara. Fuzica não se preocupou com a governabilidade e foi “derrotado” pelo próprio partido (PSC). Na verdade a falta de comando no PSC, partido do prefeito, vem desde a eleição quando o então candidato Preto do Satiro, agora vereador e presidente eleito da câmara, apoiava o candidato Fernando Soares do PPS e se estendeu até a disputa a presidência da câmara, onde Paulo Henrique Alvorêdo da Cruz (candidato de Fuzica) e Preto Satiro (vencedor), ambos do PSC, concorreram ao cargo. 

A “derrota” de Fuzica na câmara tem seu lado negativo, mas também seu lado positivo. O lado negativo é que faltou, ao prefeito, foco, direção, determinação, pulso firme para liderar as ações que viabilize a governabilidade. O lado positivo é que o prefeito não mandará, pelo menos por enquanto, na câmara. Se o poder legislativo manter independência e desempenhar seu verdadeiro papel, de fiscalizar a ações do poder executivo, os vereadores prestarão um grande serviço ao município de Aveiro. É oportuno lembrar que todos os prefeitos que tiveram apoio incondicional da câmara de vereadores foram prejudiciais para o município aveirense.

Nenhum comentário:

Briga em barco que retornava do Parana Miry termina em morte na orla de Itaituba

No fim a tarde do último (20), ocorreu um homicídio na orla, próximo o porto da Sonda. Segundo relatos de outros passageiros de ...

Postagens mais visitadas