24 de jun de 2013

IMORAL: BURACO VIRGEM EM ITAITUBA CUSTA 200 REAIS

Enquanto a família está fragilizada pela dor da perda do ente querido, o coveiro do cemitério do KM 06 busca aumentar a sua renda de forma grosseira e oportunista. Se os responsáveis pelo cemitério e a prefeita tem conhecimento do fato eu não sei, mas que uma vergonha, isso é. O coveiro está cobrando duzentos reais para enterrar pessoas em locais onde ainda não foi cavada outra cova. E a maneira que anuncia o negócio dele é chocante. “Se vocês quiserem enterrar nesse local, onde outras pessoas já foram sepultadas, eu faço, não custa nada, mas se quiserem um buraco virgem, custa duzentos reais”   e prossegue " vocês não estão pagando pela cova e sim pelo trabalho"
A verdade é que além de vexatória é imoral, se não for irregular. Se o coveiro ganha da prefeitura para cavar as sepulturas, por que está cobrando um extra. Seria ele dono das terras que ainda não foram usadas e que está vendendo. Pode ele executar um trabalho particular ali dentro da área do cemitério, escolhendo e oferecendo onde ainda não há sepulturas.
E não se trata da compra  do terreno oficialmente que dar direito ao uso para construir jazido, mas apenas um dinheiro extra para o coveiro fazer o trabalho em terrenos que estariam reservados por ele para ganhar dinheiro. 
Fonte:  Rota Policial de Itaituba

Nenhum comentário:

Empreendedoras de Itaituba vencem Prêmio do Sebrae estadual

Por Jota Parente Empreendedoras de Itaituba estão entre as três vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, premiação...

Postagens mais visitadas