12 de jul de 2013

Juiz nascido em Santarém é baleado em Vigia

O juiz Alexandre Rizzi, nascido em Santarém, no Pará, foi baleado no final da manhã de hoje no município de Vigia, por um homem que supostamente o procurava para se vingar de alguma decisão judicial. Transferido para Belém, até este momento não há maiores informações sobre o seu estado.


Formado na ILES/ULBRA, serviu em Alenquer até 2011. A Associação dos Magistrados Brasileiros e a Associação dos Magistrados do Pará divulgaram há pouco uma nota a respeito:


NOTA DE REPÚDIO
A Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB e a Associação dos Magistrados do Estado do Pará – AMEPA vêm à público repudiar o covarde ato de violência perpetrado contra o Juiz de Direito e Vice-Presidente da AMEPA, ALEXANDRE RIZZI, vítima de disparo de arma de fogo, fato ainda em apurações preliminares, ocorrido na cidade de Vigia-PA.



Pela segunda vez nesta unidade da federação, uma autoridade judiciária é alvo de atentado contra a vida, o que demonstra séria preocupação com a escalada da violência, especialmente quando atinge servidores públicos responsáveis pela aplicação das normas penais no Estado Democrático de Direito.



O ato material contra uma autoridade judiciária enfraquece, muito além do simbolismo do cargo, a garantia de toda a sociedade que exige segurança pública. É uma completa inversão de valores, que não pode ser admitida ou tolerada.



A AMB e a AMEPA aguardam uma investigação rigorosa dos acontecimentos pelo Governo do Estado do Pará, desde já esclarecendo que proporcionarão o apoio necessário ao associado, bem assim envidarão todas as providências para imediata punição aos envolvidos.



Belém (Brasília), 12 de julho de 2013



HENRIQUE NELSON CALANDRA
Presidente da AMB



HEYDER TAVARES FERREIRA
Presidente da AMEPA
....................................
Atualização:
O juiz titular da comarca de Brasil Novo, Alexandre Rizzi, de 35 anos, foi baleado nesta sexta-feira (12) na cidade de Vigia, nordeste do Pará. Dois homens invadiram o sítio do magistrado e efetuaram disparos contra ele. 



Rizzi foi transferido para Belém no helicóptero do Corpo de Bombeiros e levado a um hospital particular. Segundo a polícia, um dos acusados do crime já foi preso. 



O diretor da Divisão de Homicídios, delegado Gilvandro Furtado, comanda uma equipe de policiais que foi até Vigia para investigar o caso.

Fonte: Manuel Dutra.

Nenhum comentário:

Empreendedoras de Itaituba vencem Prêmio do Sebrae estadual

Por Jota Parente Empreendedoras de Itaituba estão entre as três vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, premiação...

Postagens mais visitadas