24 de fev de 2014

Itaituba: Grupo Especial da Policia Civil, começa a investigar assassinato triplo.


A Polícia Civil de Itaituba, continua a investigar o assassinato da procuradora de Itaituba, cidade do sudodeste do Pará. Hoje (24), uma equipe especial da Policia Civil do Pará, começou a ajudar nas investigações.
A advogada Leda Marta Lucyk dos Santos, 40 anos, foi encontrada morta na noite desse sábado em uma loja comercial de sua propriedade na área comercial do município.
Além da procuradora, que também ocupava o cargo de diretora-tesoureira da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Itaituba, foram encontradas mortas também sua filha, Hannah Estela dos Santos, 10 anos, e sua funcionária, Taynara Siqueira. Os corpos, encontrados pela tia de Taynara no início da noite de sábado, apresentavam ferimentos de perfuração.
A investigação localizou e ouviu o ex-marido da procuradora, Altair dos Santos, que foi liberado após depoimento. Outra pista é a filmagem da câmera de segurança de uma loja vizinha, que mostra um homem com boné e mangas compridas entrando na loja de Leda no início da manhã; este homem - última pessoa a visitar a loja antes dos corpos terem sido encontrados - seria o namorado da funcionária da loja, que comercializava roupas íntimas.
O presidente da OAB-PA, Jarbas Vasconcelos, viajou neste domingo a Itaituba para acompanhar as investigações. Segundo nota divulgada pela entidade, que decretou luto pelo assassinato da advogada, umas das causas possíveis do triplo homicídio seria a recusa do ex-marido da procuradora em aceitar a separação.

Nenhum comentário:

BELÉM - O deputado federal Francisco Chapadinha (Podemos-PA), esteve em audiência com o Secretário Estadual de Agricultura e Pescado Pará (S...

Postagens mais visitadas