23 de abr de 2014

Militares retornam à região onde avião desaparecido foi encontrado em Jacareacanga

Uma força-tarefa formada por policiais civis, policiais militares, homens do Exército, bombeiros militares, da Força Aérea Brasileira e peritos criminais, seguiram nesta manhã, para a região do Jaburu, situada a cerca de 28 quilômetros da sede de Jacareacanga, sudoeste do Pará, para fazer o resgate do avião bimotor Beechcraft BE 58 Baron. O aparelho estava desaparecido, com cinco ocupantes, desde 18 de março deste ano, quando decolou do Aeroporto de Itaituba, às 11h40 da manhã, com destino à Jacareacanga. Desde então, as equipes realizam buscas por terra, água e ar. 
Avião Baron encontrado ontem no Jaburú
O avião foi localizado, já por volta de 18h30 de ontem (terça-feira), por um garimpeiro. A aeronave está praticamente toda submersa em um área alagada, apenas com a cauda visível, na mata fechada. O avião caiu por trás de uma montanha próxima à região de Jaburu. A aeronave está com as portas travadas e, segundo as informações de policiais militares do Comando de Missões Especiais (CME), não se quebrou na queda. Segundo Nonato Silva, um dos integrantes das equipes de voluntários, foram 35 dias de buscas na floresta, lagos, igarapés e rios. As vítimas da queda são as técnicas de enfermagem Rayline Sabrina Brito Campos, Luciney Aguiar de Sousa e Raimunda Lúcia da Silva Costa, o motorista Ari Lima e o piloto do avião, Luiz Feltrin.
 

A pedido dos Munduruku, MPF intensifica atuação contra garimpo ilegal em terra indígena no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) convocou reunião para esta sexta-feira (20) em Itaituba, no sudoeste do Pará, para levantar dados sobre...

Postagens mais visitadas