4 de mai de 2014

Acusado de matar casal em Alter do Chão é preso em garimpo no PA.

 Luan Rafael Medeiros conhecido como 'Beiçola' fugiu durante a madrugada (Foto: Reprodução/TV Tapajós)
Luan Rafael Medeiros foi condenado a mais de 60 anos de prisão por morte de casal
(Foto: Reprodução/TV Tapajós)


Do G1 Santarém


Luan Rafael Medeiros, um dos acusados de matar o casal Mauro Borges e Jéssica Gomes no balneário de Alter do Chão, Santarém, oeste do Pará, foi preso no garimpo Crepurizinho, município de Itaituba, oeste do Pará, na noite de quinta-feira (1º). A informação foi confirmada pelo superintendente da Polícia Civil de Itaituba, Jardel Guimarães.

Luan, conhecido como "Beiçola" estava foragido. Ele fugiu do Centro de Recuperação Agrícola Sílvio Hall de Moura, em Santarém no dia 26 de outubro, um dia após ser condenado a mais de 60 anos de prisão pela morte do casal. Ele e mais dois homens foram condenados pela Justiça em outubro de 2013.

De acordo com o superintendente da Polícia Civil de Itaituba, Jardel Guimarães, o acusado está sendo levado para a delegacia de Itaituba, onde deve chegar por volta de 18h desta sexta-feira (2). "Ele está em deslocamento, como a estrada está de difícil acesso deverá está chegando por volta das 18h em Itaituba onde será feito todo os procedimentos e será comunicado ao sistema penal para tomar as providencias adequadas", informou.

O superintendente ressaltou ainda que o sistema penal deve fazer a  transferência de Luan para o Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura, em Santarém. "Caberá ao sistema penal fazer o processo  recambiamento, uma vez que ele é condenado em Santarém, e deverá ficar no presídio local”, explicou.

Entenda o caso
Mauro Borges e Jéssica Gomes foram assassinados no dia 21 de outubro de 2012, em Alter do Chão, aproximadamente 30 km de Santarém. Os acusados pelo crime foram condenados pela Justiça para cumprir pena em regime fechado. A pena para Luís Carlos Santos Silva, o ‘Panga', foi de 64 anos e 3 meses de prisão; Manoel José Silva dos Anjos, o ‘Neneu’,  foi condenado a 62 anos e 7 meses; Luan Rafael Medeiros, conhecido por ‘Beiçola’, foi condenado a 60 anos e 3 meses. À época, os outros três adolescentes envolvidos na morte do casal foram encaminhados à Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), mas em 26 de dezembro, a justiça os liberou.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Jacareacanga: Justiça interdita postos de gasolina por crime ambiental

Fonte: G1 A Justiça do Pará determinou a interdição cautelar do funcionamento de três postos de gasolina em Jacareacanga, sudoeste do ...

PortalBuré

Portal Buré © 2016. Tecnologia do Blogger.