MPF informa PF e PM sobre agressões contra índios Munduruku em Jacareacanga - Portal Buré

Portal Buré

O Blog Portal Buré foi criado em Outubro de 2007, para manter informados os moradores das regiões Oeste e Sudoeste do estado e de todo o Brasil.

15 de mai de 2014

MPF informa PF e PM sobre agressões contra índios Munduruku em Jacareacanga


DOIS FERIDOS Entre os manifestantes anti-indígenas estavam o vice-prefeito Roberto Crixi e o secretário de Assuntos Indígenas, Ivânio Alencar. Dois munduruku acabaram feridos atingidos por rojões. 
O Ministério Público Federal (MPF) enviou ofícios à Delegacia da Polícia Federal em Santarém e ao Comando Geral da Polícia Militar, em Belém, solicitando atenção para situação de tensão em Jacareacanga, sudoeste do Pará. De acordo com relatos de lideranças indígenas, ontem pela manhã cerca de 500 pessoas atacaram 20 munduruku com rojões. Foram feitas ameaças contra a presença dos indígenas no município.

“Solicito a intervenção deste comando junto à Polícia Militar em Jacareacanga, a fim de que haja efetiva atuação visando controlar a situação e preservar a integridade física de todos os envolvidos”, diz o ofício enviado ao comando da PM pelo procurador da República Camões Boaventura, de Santarém. À PF, o procurador solicitou o envio de uma equipe para fazer diligências no local, com urgência. O MPF também vai solicitar abertura de inquérito policial à PF para apurar as responsabilidades pelas agressões.

De acordo com os relatos, os indígenas estavam se preparando para ir embora da cidade quando foram surpreendidos pela multidão na manhã de ontem. Os índios denunciam a presença de garimpeiros, comerciantes, servidores da prefeitura e até do vice-prefeito de Jacareacanga entre os agressores. Dois índios teriam sido atingidos por rojões lançados pelos participantes da manifestação anti-indígena.

Os munduruku estão a cerca de uma semana na cidade, reivindicando uma solução para as escolas indígenas, que estão sem professores desde que a prefeitura de Jacareacanga demitiu 70 professores, no início do ano escolar, deixando todas as crianças indígenas sem aulas. Os protestos aconteceram na prefeitura até o final da semana passada, quando o MPF intermediou a realização de uma reunião sobre o problema para o próximo dia 15, em Santarém. Em virtude dos acontecimentos de ontem e da tensão em Jacareacanga, no entanto, a reunião foi remarcada para o dia 21 e deve se realizar em Itaituba, com a presença de representantes do Ministério da Educação e da Secretaria de Educação do Estado do Pará.

Fonte: MPF/PA

Itaituba: SERIPA VISTORIA OS DESTROÇOS DO AVIÃO.

Um equipe do Serviços Regionais de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – SERIPA, esteve hoje (23), realizando as primeira...

Páginas