22 de ago de 2014

ITAITUBA CONTEMPLADA COM PROJETO ANTIDROGAS

PREFEITA ELIENE NUNES ASSINA PROJETO NO VALOR DE 100 MIL REAIS.

No Pará, somente Itaituba consta na lista dos selecionados.

O município de Itaituba foi incluído nas políticas púbicas de prevenção às drogas. O financiamento do projeto foi aprovado no mês de junho no Edital “Viva Jovem” promovido pela SENAD (Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas), vinculada ao Ministério da Justiça. O edital selecionou em todo o país projetos de promoção da saúde e prevenção do abuso de drogas e da violência nos municípios. No Pará, somente Itaituba consta na lista dos selecionados.

Na manhã desta sexta-feira (22), aconteceu nas dependências da Secretaria Municipal de Assistência Social, a assinatura do convênio com representantes do governo federal, Andréia Leite, coordenadora de políticas públicas de prevenção às drogas.  

A prefeita Eliene Nunes viu com muita alegria a aprovação do projeto. O município vai receber R$ 100 mil do Ministério da Justiça para implementar o projeto que já desenvolve atividades com dependentes químicos no município em parceria com a prefeitura de Itaituba.

O projeto Força Jovem ligado ao CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) já vem desenvolvendo um trabalho de prevenção no combate às drogas com crianças, adolescentes, jovens e adultos. Coordenado por José Hiton da Silva Moraes, o projeto conta também com os oficineiros que organizam palestras e rodas de conversas com usuários e dependentes químicos.


É um trabalho de prevenção e conscientização no combate às drogas que interage com pessoas das mais diversas idades em escolas, centros comunitários, atendimento de visitas domiciliares e aconselhamento familiar.
O CAPS do município (Centro de Atenção Psicossocial) é um dos parceiros do projeto que disponibiliza o espaço para rodas de conversa e terapia ocupacional.

O Projeto Força Jovem pretende ampliar os trabalhos através de oficinas para a juventude, haja vista os índices de consumo de droga ter aumentado muito no município. Uma referência desse aumento se dá pelo número de prisões efetuadas pela policia militar e civil de jovens portando droga em quantidade suficiente que caracterizam o tráfico.

ASCOM-PMI

A pedido dos Munduruku, MPF intensifica atuação contra garimpo ilegal em terra indígena no Pará

O Ministério Público Federal (MPF) convocou reunião para esta sexta-feira (20) em Itaituba, no sudoeste do Pará, para levantar dados sobre...

Postagens mais visitadas