7 de set de 2015

Operação apreende equipamentos utilizados na extração de ouro no Pará

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) realizou na última semana uma operação de fiscalização em uma área de extração ilegal de ouro no rio Tapajós, em Itaituba, no sudoeste do Pará. Foram apreendidos equipamentos, emitidos autos de infração, além de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).
As equipes de fiscalização foram às vilas do Farias, Bom Jardim, Raiol e São Luís do Tapajós, onde foram localizadas balsas adaptadas com mangueira de sucção e também detectadas, a partir de denúncias, dragas ancoradas em área de Unidade de Conservação. Em todas as vilas foram encontradas essas embarcações, mas os responsáveis fugiram, abandonando os equipamentos no rio.
Na Vila do Farias foram encontradas três balsas, além de bateias, motor de partida, baterias e ainda duas armas com munições. Na Vila de São Luís do Tapajós foram encontradas sete balsas abandonadas e sem equipamentos. Na Vila Raiol, mais quatro balsas foram deixadas para trás pelos responsáveis e foram apreendidos motores de partida, alternadores, baterias e outros materiais. Na comunidade de Periquito, na Vila Bom Jardim, foi aplicado auto de infração administrativo a um suspeito por extração ilegal de ouro e aberto um TCO pela Dema, com apreensão dos equipamentos utilizados na atividade ilegal.
As dragas ancoradas na Unidade de Conservação de Itaituba foram autuadas por garimpo ilegal de ouro e por estarem em área protegida.

Jacareacanga: PREFEITO RAIMUNDO SANTIAGO E VEREADORES ESTIVERAM NA CELPA E COBRARAM INVESTIMENTO DA EMPRESA PARA JACAREACANGA

Cumprindo agenda oficial na capital do estado, o prefeito Raimundo Batista Santiago, juntos com os vereadores, Acélio Aguiar, Rain...

Postagens mais visitadas