18 de mar de 2016

Curso prepara militares para agir em diferentes tipos de ocorrências

Sessenta e seis militares iniciaram nesta sexta-feira (18), o Curso Operacional de Rotam (COR), na sede do Comando Geral da Polícia Militar. Participam policiais do Pará e do Maranhão, além de representantes da Marinha e da Força Aérea. As aulas seguem até 5 de maio. Durante este período, eles estudarão as seguintes disciplinas: Doutrina de Rotam, Direito aplicado à atividade policial, Gerenciamento de crises, Técnicas de abordagem, Direitos humanos, Armamento e equipamento, Instrumento de menor potencial ofensivo e Patrulhamento rural voltado para o combate de roubo a banco.
De acordo com o comandante do Batalhão de Polícia Tática (BPOT), tenente coronel Luiz Carlos Rayol, o curso tem o objetivo de garantir a preservação da ordem pública e o bem-estar social. “Esse tipo de treinamento é um investimento da PMPA para preparar o policial militar e desenvolver suas atividades especializadas dentro do contexto da segurança pública, aumentando a efetividade da intervenção policial em determinadas ocorrências: chamadas com reféns, rebeliões, interdição de vias, manifestações diversas, reintegração de posses urbana e rural e roubo a instituições financeiras”, detalhou Rayol.
Dois fuzileiros navais da Marinha do Brasil buscam o aprimoramento técnico-profissional proporcionado pelo COR. A parceria com as forças armadas é uma prática rotineira e muito valorizada. “É muito interessante essa integração com a Polícia Militar. Principalmente com os fuzileiros navais de Belém. Normalmente os militares da PMPA participam do estágio de operações ribeirinhas”, informou o capitão de fragata Robson Clair da Silva.
O Major Cássio Freitas, lotado no 1º Batalhão de Polícia de Choque (ROTA) da Polícia Militar de São Paulo, iniciou o evento exemplificando experiências negativas e positivas durante ocorrências da corporação de SP. “O crime em São Paulo tem uma intensidade própria, diferente de outras regiões do Brasil. Isso faz com que a gente vivencie mais e acabe aprendendo com os próprios erros. Então, a minha apresentação aqui foi nesse sentido”, disse o policial.
Cristiani Sousa
Polícia Militar

PREFEITURA DE JACAREACANGA E CONSELHO MUNICIPAL DA PESSOA DEFICIENTE, REALIZAM AÇÃO NO DIA NACIONAL DE LUTA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Está sendo celebrado nesta quinta-feira, 21, o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Criada em 1982, a data representa o sur...

Postagens mais visitadas