18 de jun de 2016

Itaituba: Sargento do GTO João Luiz é morto em operação do IBAMA.



Na tarde da ultima sexta-feira, 17, o 1º sargento João Luiz de Maria Pereira, 44 anos, e 23 anos de Policia Militar, foi assassinado em uma emboscada, na reserva do Jamaxim - Vicinal da Francy, no município de Novo Progresso, no sudoeste do estado do Pará, quando estava em uma operação de apoio ao IBAMA contra a ação de desmatamento ilegal na região.

O chefe do Grupo Tático Operacional – GTO João Luiz, junto com o sargento Feitosa e o Cabo Pereira, davam apoio a 4 agentes do IBAMA, que estavam averiguando denuncias de exploração de madeira, na reserva do Jamaxim. Durante a viagem na vicinal da Francy, a cerca de 100km da cidade de Novo Progresso, avistaram um barraco que dá apoio aos madeireiros, na mata, como não encontraram ninguém, onde os agentes do IBAMA, resolveram tocar fogo no barraco.

Depois da abordagem ao barraco, seguiram nas viaturas, sendo que logo na frente, a viatura em que estava os PMs, atolou num lamaçal, e resolveram retornar, ao perceberam algo, aos proximidades do barraco, os 3 policiais, deixaram a viatura um pouco longe e foram averiguar a pé, foi quando chegaram ao local onde estava o barraco dos madeireiros e o fogo tinha sido apagado com água.

O sargento João Luiz e os outros dois policiais, sargento Feitosa e cabo Pereira, foram averiguar, quando deparam com um homem, saindo do mato, nesse momento, o sargento João Luiz, disse que era policia e mandou o homem parar, não sendo atendido pelo homem, que correu para dentro do mato. Foi quando o sargento João Luiz, entrou também no mato atrás do homem, e ouviram-se tiros, foi quando o sargento João Luiz, voltou dizendo que estava baleado no ombro e no pescoço

Os colegas militares Feitosa e Pereira efetuaram vários disparos na direção em que vieram os disparos que atingiu João Luis, e em seguida se preocuparam somente em socorrer o policial ferido. Diante do ocorrido, os colegas, o levaram para viatura. O sargento João Luiz, recebeu os primeiros socorros dos colegas, mas veio a falecer 40 minutos depois de ser alvejado.


No dia anterior ao ocorrido mesma equipe fez a apreensão de um trator, um caminhão e vários motosserras às proximidades de onde o militar do GTO foi morto. Foram presos 05 homens, nessa operação .

O corpo do sargento do GTO João Luiz foi levado para Novo Progresso, de onde foi recambiado para Itaituba em uma aeronave, chegando por volta das 12h10min no aeroporto municipal de Itaituba. Do aeroporto municipal de Itaituba foi levado para o IML, em um carro dos Bombeiros Militar. Em Itaituba, o corpo está sendo velado no quartel do 15º BPM. 

O corpo do sargento do GTO João Luiz de Maria Pereira, será transladado nesse sábado para Santarém, onde será enterrado, já que o militar do GTO é natural de Santarém. sargento João LUiz será enterrado com honras militares.

JURUTI: Promotoria ajuíza Ação contra 14 reús no caso “mensalinho de Juruti”

A promotoria de Justiça de Juruti ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa em face do ex-prefeito municipal, três ve...

Postagens mais visitadas