10 de ago de 2016

PPS crítica aliança do partido em Itaituba com o ‘PMDB dos Barbalhos e de Climaco’


O PPS estadual vai recorrer a todas “as instâncias partidárias, se preciso for”, para anular a decisão da executiva municipal do partido em Itaituba de apoiar a candidatura a prefeito do empresário Valmir Climaco, do PMDB.
“O atual presidente do diretório de Itaituba [Antonio Kaiser] foi alertado dezenas de vezes de que isto não seria aceito. Insistiu em um palavreado verborrágico e incoerente, tentando justificar o que é injustificável”, diz a nota do partido, tornada pública ontem, 9, e assinada por Francisco Potiguara Tomaz Filho, membro da Executiva do PPS no Pará e do diretório nacional.
“[O PPS] não poderia jamais aceitar uma coligação com o PMDB dos ‘Barbalhos’ e ao lado de uma figura como Valmir Climaco, jamais”, reforçou.
No Ler mais, abaixo, confira a íntegra da nota.
Conforme o blog noticiou, o PPS itaitubense, por decisão colegiada, estaria impedido de coligar com o PMDB. Mas o diretório municipal ignorou tal decisão, e, apesar da ameaça de intervenção, aprovou a aliança com Climaco.
Nota pública
O PPS, um partido que tem como diferencial ser DECENTE e absolutamente diferente de todos os outros partidos no espectro político brasileiro, não poderia jamais aceitar uma coligação com o PMDB dos “Barbalhos” e ao lado de uma figura como Walmir Climaco, jamais……
O atual presidente do diretório de Itaituba foi alertado dezenas de vezes de que isto não seria aceito. Insistiu em um palavreado verborrágico e incoerente, tentando justificar o que é injustificável.
Não é possível aceitar tal decisão. Quem pretende ser “Ficha Limpa”, não pode se aliar com o crime organizado, com a corrupção deslavada, e com todas as práticas que o estatuto e princípios partidários condenam. Não existe a menor lógica nisto. O Diretório Estadual já tomou decisão, através da sua executiva, para anular tal aliança.
O PPS é uno e indivisível. Não é escola de samba para possuir ou permitir alas. A coerência partidária deve ser mantida e o estatuto preservado. O PPS tem que ser firme e preciso e não aceitar tal manobra, financiada por dinheiro do crime organizado. Iremos as últimas consequências e a todas as instâncias partidárias se preciso for.
Belém, 09 de agosto de 2016
Francisco Potiguara Tomaz Filho
Membro da executiva estadual e do diretório nacional do Partido Popular Socialista PPS
Fonte: Jeso Carneiro

Empreendedoras de Itaituba vencem Prêmio do Sebrae estadual

Por Jota Parente Empreendedoras de Itaituba estão entre as três vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, premiação...

Postagens mais visitadas