6 de out de 2016

Prainha: Juiz bloqueia as contas do município para garantir os salários dos servidores

O juiz Flavio Oliveira Lauande determinou, nesta terça-feira, 4, o bloqueio de contas do município de Prainha, no Baixo Amazonas, para garantir o pagamento dos salários dos servidores municipais. Ele deferiu pedido do Ministério Público do Estado (MPE), que denunciou o descumprimento de acordo firmado no âmbito de uma Ação Civil Pública, no dia 28 de julho deste ano, pelo qual o município se compromete a pagar os servidores até o dia 12 de cada mês, sob pena de multa no valor de dez mil reais por dia de atraso. 

Porém, segundo apontam os autos, o acordo homologado judicialmente, não foi cumprido sem nenhuma justificativa. O magistrado determinou o bloqueio dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), em 100%, que será destinado ao pagamento dos servidores da Educação; do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), em 54%; e da cota do Autorização de Internação Hospitalar (AIH), em 50%. 

O juiz determinou, ainda, o bloqueio de 80% dos recursos do Fundo Único de Saúde (FUS) e 50% do ICMS Estadual para, entre outras coisas, garantir o pagamento de médicos, enfermeiros e todo corpo clínico do hospital de Prainha

Empreendedoras de Itaituba vencem Prêmio do Sebrae estadual

Por Jota Parente Empreendedoras de Itaituba estão entre as três vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, premiação...

Postagens mais visitadas