Portal Buré

PortalBuré

3 de nov de 2017

Celpa completa cinco anos sob a gestão do Grupo Equatorial Energia


O período é marcado por obras históricas e expressivas melhorias em indicadores que medem a qualidade do serviço

Na quarta-feira, dia 1º de novembro, a Celpa completou cinco anos sob gestão do Grupo Equatorial Energia. Para comemorar a data, foi realizado um evento com os colaboradores na sede da empresa, na Rodovia Augusto Montenegro, onde foi feito um balanço das ações da concessionária no período, com destaque para obras históricas, investimento em tecnologia, criação de novos canais e ampliação do horário de atendimento. O evento também mostrou as projeções da distribuidora, que em 2017 conseguiu chegar a marca de 2,5 milhões de clientes no estado do Pará. 

Entre as realizações mais expressivas da nova gestão está a subida de 21 posições no ranking da (ANEEL). Na lista, estão 32 distribuidoras de energia do Brasil classificadas de acordo com a qualidade do serviço prestado. (Em 2012, o ranking era composto por 35 distribuidoras).  A Celpa ocupa agora a 14ª posição tendo, a maior evolução do setor.

Um dos indicadores de destaque, e que foi determinante para a classificação, está relacionado a quantidade de horas que o paraense fica sem energia (DEC), cuja redução foi de 70,9% nos cinco anos em que a Celpa atua sob nova gestão. Sobre o número de vezes em que ocorrem interrupções do fornecimento de energia (FEC), essa redução chegou a 59,8%.

Para o presidente da Celpa, Nonato Castro, é importante aproveitar a data simbólica para mostrar o que a empresa já fez. “Nós temos total consciência de que ainda temos muito o que melhorar, mas temos a certeza de que estamos na direção certa. Nós já fizemos muito e não pretendemos parar. Levamos energia elétrica a lugares distantes, ampliamos nossos canais de atendimento, interligamos o Marajó, investimos em responsabilidade social e vamos trabalhar muito mais para que a população paraense tenha um serviço de excelência”, afirma Nonato.

A esses cinco anos de gestão também são atribuídas obras históricas da concessionária no contexto paraense, como é o caso da conexão da Ilha do Marajó ao Sistema Interligado Nacional (SIN). Para realizar o sonho de mais de 50 anos da população local, foi até utilizado um cabo subaquático. Cidades como Portel, Melgaço, Curralinho, Breves, Bagre, Ponta de Pedras, Soure, Salvaterra e Cachoeira do Arari já recebem energia elétrica de qualidade gerada em usinas de todo o país. A interligação ainda avançará por mais municípios da Ilha até 2019, beneficiando cerca de 450 mil famílias na região.

RESPONSABILIDADE SOCIAL NO FOCO – Um dos trunfos da nova Celpa foi o engajamento em ações sociais por todo o Estado. A criação do Projeto Energia na Comunidade levou para mais próximo da população serviço oferecidos comumente em agências de atendimento. No total foram mais de 10 mil ações que beneficiaram cerca de 100 mil pessoas.

Nesses cinco anos, a Celpa também lançou o projeto Energia Social e Profissional, no qual a empresa investiu cerca de R$ 2,4 milhões. Os convênios assinados foram com o Movimento República de Emáus, em Belém e com a Associação de Músicos Antônio Malato (Amam), no município de Ponta de Pedras, no Marajó, com a Fundação Zoobotânica de Marabá e com a Associação Santarena de Estudos e Aproveitamento dos Recursos da Amazônia – Seara, em Santarém. 

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Itaituba: Elemento morre em troca de tiro com a PM.

Na noite desta quarta feira, 15, a Policia Militar realizou uma operação para prender dois elementos que segundo informações estavam em uma ...

PortalBuré

Portal Buré © 2016. Tecnologia do Blogger.