26 de ago de 2016

Maré “engole” 11 casas em Porto de Moz


O fenômeno de terras caídas afeta uma localidade no território da cidade de Porto de Moz, no Baixo Amazonas, a comunidade São Brás onde o fenômeno ocorre fica à duas horas e meia de lancha do centro da cidade, a movimentação de terra já engoliu pelo menos 7 casas durante a manhã desta quinta-feira, uma igreja, o salão comunitário, um galpão e a escola da comunidade já foram para o fundo do Rio Amazonas, o fenômeno natural movimenta os sedimentos abaixo das casas a 20 metros de profundidade e forma um bolsão de água, com a movimentação da maré vem o desmoronamento, essa movimentação de terra foi sentida em outras comunidades próximas. 

“Nós estamos com nossas equipes no local, a prefeitura de Porto de Moz está prestando assistência, esse fenômeno que começou às 17 horas de quarta-feira continua desmoronando terras e engolindo casas, estamos aguardando uma equipe da defesa civil do estado que devem reforçar a assistência aos moradores” explicou Wanderlei Araújo de Souza, coordenador da defesa civil de Porto de Moz. 

Pelo menos 9 famílias estão desabrigadas, todas as casas do vilarejo foram evacuadas, balsas e embarcações de médio porte dão apoio às famílias. Até o momento ninguém se feriu, colchões e comida estão sendo disponibilizados aos desabrigados. 

Por Felype Adms

Empreendedoras de Itaituba vencem Prêmio do Sebrae estadual

Por Jota Parente Empreendedoras de Itaituba estão entre as três vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, premiação...

Postagens mais visitadas