1 de set de 2016

Celpa instala protetores contra aves na fiação elétrica



O pescador Claudionor de Sousa, 41 anos, comemora com satisfação o resultado. Agora, ele não precisa mais se preocupar em afugentar os urubus que tiravam a paciência dele e a energia da área onde ele mora. Com a capa de proteção colocada pela Celpa nos cabos de média tensão, o problema de falta de energia, que ocorriam com frequência, agora é coisa do passado. 

O pescador ressaltou que, por conta do Porto dos Milagres, pequeno comércio para venda de peixes, o que sobra do pescado tratado no local é despejado à revelia, em muitos casos. Além disso, a área serve como depósito de lixo por pessoas de outros bairros. “Isso tudo acaba atraindo aves como urubus e garças e por não ser um local arborizado, esses animais acabam pousando nos postes e fiações de energia”, explicou. 

O investimento feito pela concessionária vem garantindo satisfação para mais de 200 famílias do bairro Santana, principalmente do residencial PAC/Uruará e os que são abastecidas por dois transformadores modernos e de excelente retorno, o que garante qualidade na energia.
De acordo com o líder técnico da regional Oeste, Márcio Rêgo, a Celpa deve instalar mais dispositivos para evitar as aves em outros do município de Santarém, onde há grandes recorrências. O objetivo é evitar o rompimento da distribuição de energia elétrica. 

As capas protetoras de média tensão são colocadas na rede elétrica próximas aos transformadores de energia. Além de proteger a fiação o material também protege que urubus sejam eletrificados e fiquem presos nos cabos de energia.

Empreendedoras de Itaituba vencem Prêmio do Sebrae estadual

Por Jota Parente Empreendedoras de Itaituba estão entre as três vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios, premiação...

Postagens mais visitadas