Header Ads

Operação reprime crime sexual contra menores em Jacundá

Juiz da comarca do município de Jacundá, Antônio José dos Santos (Foto: Gilmar Mota)




Nove menores flagrados em motéis, na companhia de adultos. Esse foi o resultado da operação, realizada no último sábado, 18, pelas polícias Civil, Militar e Conselho Tutelar, com objetivo de reprimir crimes sexuais contra menores em Jacundá. A ação foi ordenada pelo Juiz da comarca do município, Antônio José dos Santos, que alerta que outras ações ainda virão.

Depois da operação, os conselheiros tutelares chegaram a receber ameaças, caso o trabalho de repressão continue, mas Antônio José foi enfático. “Vamos cumprir a Lei. Os conselheiros apenas estão cumprindo ordem da Justiça. Ainda não temos data marcada para a próxima, mas as revistas em todos os motéis, postos de combustíveis, balneários e bares de Jacundá vão continuar”, garante o Juiz. 

Os menores encontrados nessa 1ª operação foram entregues aos pais pelos conselheiros tutelares, já os maiores de idade terão a responsabilidade apurada, podendo ter pena de até 10 anos de reclusão, em regime fechado. Quanto aos donos dos motéis, pagarão multa, no valor estabelecido por lei.


Para o Juiz, Antônio José, esse é um crime grave e que deve ser combatido. “Os adultos que levam menores para os motéis devem ser penalizados, assim como os donos dos estabelecimentos. Precisamos acabar com a prática de crime sexual contra os menores”, justifica.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.