Header Ads

I Encontro Jurídico da Associação dos Profissionais de Imprensa de Itaituba

Turma da Imprensa de Itaituba, no I Encontro Jurídico da API de Itaituba


Foi realizado na noite de ontem (05) no auditório do Instituto Salomão Ribeiro, o I Encontro Jurídico da Associação dos Profissionais de Imprensa - API. O encontro, foi à forma que a Associação, encontrou em esclarecer os profissionais de Imprensa de Itaituba, em relação às leis que gerem a imprensa em todo país.

Na primeira parte das palestras, o delegado Alessandro Napoleão Sant’Ana, expôs a atual situação física e operacional da policia civil em Itaituba e região, através de gráficos. Delegado Alessandro, falou também, sobre os procedimentos que são realizados na esfera policial, que vai das dúvidas de procedimentos, e os procedimentos no que tange a forma de prisões e flagrantes que são realizados. A palestra do delegado Napoleão, tirou varias duvidas, entre elas, as formas de procedimentos policiais.

Na segunda parte das palestras, o dr. Moisés Aguiar, que é advogado da Associação dos Profissionais de Imprensa de Itaituba, falou sobre a liberdade de imprensa e dos procedimentos, como; diretos de imagens, vinculações e a forma de obter a liberação de vinculação de imagens. Outro ponto da palestra, foi às discussões em tornos dos procedimentos de abordagens as pessoas que possivelmente não queiram que tenham seu nome ou imagem vinculada numa emissora. Dr. Moisés, realizou simulações de matérias, que às vezes pode denegrir a imagem e a moral das pessoas que estão na matéria.

Na terceira parte da palestra, a presidente da OAB – Subsecção de Itaituba Dra. Cristina Bueno, falou sobre ética no jornalismo, informações e liberdade de imprensa. Cristina Bueno, também realizou simulações em relação à autorização das vinculações de matérias e imagens de terceiros.


Outro ponto da palestra da presidente da OAB – Itaituba, foi a conduta profissional do jornalista, do compromisso fundamental do jornalismo e os deveres e direitos dos jornalistas, como; preservar a fonte, defender os princípios expressos na declaração universal dos direitos humanos. 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.