Header Ads

Apresentador de TV critica Lula por “ofensa a jornalistas”

Nyelsen Martins

Por: Jeso Carneiro
 
“Respeite as diferenças. Respeite seus adversários políticos, independente de suas profissões. Sou jornalista me senti ofendido com suas declarações”

A crítica, de Nyelsen Martins (foto), jornalista/apresentador de TV paraense, é dirigida ao ex-presidente Lula da Silva (PT) a propósito do post Lula critica jornalistas que entram na política, levado ao ar ontem neste blog.

Para Nyelsen, candidato a deputado estadual pelo PTC, a declaração de Lula expõe “uma gigantesca dor de cotovelo” do petista, pois “seu candidato [Tarso Genro, candidato à reeleição para governador do Rio Grande do Sul] está perdendo [nas pesquisas] para uma ex-radialista e comentarista política [Ana Amélia Lemos, do PP].

Abaixo, a íntegra do comentário enviado ao blog pelo postulante à vaga na Alepa (Assembleia Legislativa do Pará).

Estrelinha
“Senhor Luiz Inácio Lula da Silva, a disputa política é e sempre deverá ser democrática. Assim como um operário chegou à Presidência da República, por que um jornalista não pode assumir um cargo politico, seja no Legislativo ou Executivo?

Seu comentário, além de preconceituoso, deixa bem claro uma gigantesca dor de cotovelo por que seu candidato está perdendo para uma ex-radialista e comentarista política.

Senhor Lula, a política brasileira precisa com a máxima urgência de renovação de corações e mentes abertas. Abertas para uma nova forma de governar e legislar, pensando no povo não como número, estatística, objeto do desejo desmedido da velha política, da qual o senhor faz parte.

Senhor Lula, o senhor e os seus já tiveram a chance de mostrar trabalho, mas o Brasil continua um país de Terceiro Mundo, sob uma administração assistencialista que castiga os municípios, empaca o desenvolvimento social e escraviza a população mais carente. Viver no Brasil nunca foi tão complicado.
Vamos para 12 anos de PT no governo e o que vemos são escândalos de corrupção e o brasileiro mais uma vez levando vida de gado. Povo marcado, mas para o governo, povo feliz.

Então, senhor Lula, admita: não dá para ganhar sempre. O fim da cruel e velha política está, aos poucos, chegando ao fim. Respeite as diferenças. Respeite seus adversários políticos, independente de suas profissões. Sou jornalista e me senti ofendido com suas declarações. Nós jornalistas exigimos respeito.”
Tecnologia do Blogger.