Header Ads

Governo e Exército confirmam construção de colégio militar em Belém

Na manhã desta terça-feira (31), o governador Simão Jatene [foto] voltou a se reunir com o general Oswaldo Ferreira, comandante Militar do Norte (CMN), juntamente com o chefe do Estado Maior do Comando, general César Rocha, para ajustar o Protocolo de Intenções que viabilizará o projeto, desenvolvido desde 2011.
O Colégio Militar em Belém será construído na Avenida Augusto Montenegro, em uma área da Marinha.
A obra completa, orçada em R$ 130 milhões, deve ser concluída em 2020, porém as aulas estão sendo programadas para começar no próximo ano, em um espaço provisório, que será escolhido para atender inicialmente 250 estudantes do Ensino Fundamental e Médio. Depois de concluída, a escola terá capacidade para atender até mil alunos, que deverão passar por um processo seletivo.
Seguindo o cronograma previsto pelo Comando, os ajustes no Protocolo de Intenções devem ser feitos em abril, e a assinatura do documento até o início de maio.
Durante o encontro de hoje também foi apresentado o mapa de treinamento dos profissionais que trabalharão no Colégio Militar.
“Nos meses de junho e julho daremos início à capacitação de todas as pessoas que trabalharão na escola. Esse é um procedimento comum, para nivelarmos os colaboradores à estrutura que é oferecida em todos os nossos colégios”, explicou o general César Rocha.
Simão Jatene disse que a educação no Pará é prioridade do governo, e ressaltou que o Estado tem total interesse na implantação do Colégio Militar.
“O governo vai dar total apoio para que o Colégio seja instalado aqui”, ratificou o governador durante a reunião, que teve a participação de Adnan Demachki, titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e de Justiniano Netto, da Secretaria Extraordinária de Estado para coordenação do Programa Municípios Verdes.
Fonte: Agência Pará
Tecnologia do Blogger.