Header Ads

Rotor da UHE Teles Pires se desloca pela região de Lucas do Rio Verde


O quinto e último rotor de turbina que compõe o sistema de geração de energia elétrica da Usina Hidrelétrica Teles Pires se desloca nesta terça-feira (07) pela região de Lucas do Rio Verde. Os motoristas, principalmente caminhoneiros, deverão redobrar a atenção neste trecho da BR-163, no Médio-Norte de Mato Grosso.

O equipamento é transportado por quatro caminhões. O conjunto todo pesa aproximadamente 700 toneladas, das quais cerca de 280 toneladas são somente o rotor.

O transporte da mega peça, até a Usina Hidrelétrica Teles Pires, em Paranaíta, é acompanhado pela Polícia Rodoviária Federal e pela concessionária Rota do Oeste (apenas até o Km 850 em Sinop).


Último rotor da Usina Teles Pires está em deslocamento pela BR-163 em Mato Grosso
Linha de transmissão alternativa pode gerar economia de R$ 6,5 mi/dia; Energia escoada será da UHE Teles Pires

Assim como os outros quatro rotores, o equipamento trafegará pela BR-163 por duas horas, com uma média de 15 Km/hora. Enquanto, estiver na pista o trânsito para os demais veículos será interrompido nos dois sentidos. Após a passagem do equipamento o trafego de veículos é liberado durante uma hora. Em média o transporte do rotor é de 50 quilômetros por dia, ocorrendo das 8h às 17h.

Como o Agro Olhar já comentou, o primeiro rotor da usina Hidrelétrica Teles Pires teve seu transporte iniciado em meados do dia 20 de maio e chegou à Paranaíta em 08 de junho de 2014. Já o segundo equipamento foi entregue na primeira quinzena de agosto do ano passado e o terceiro em 09 de dezembro. O quarto rotor chegou à usina em fevereiro.

A UHE Teles Pires é construída no Rio Teles Pires, afluente do rio Tapajós, divisa dos estados do Pará e Mato Grosso, na fronteira dos municípios de Jacareacanga (PA) e Paranaíta (MT). Sua potência instalada é de 1.820 megawatts, que são considerados suficiente para abastecer com energia elétrica uma população de 2,7 milhões de famílias.

A Usina é considerada um das mais importantes do Plano de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2), está na reta final dos trabalhos de concretagem de suas estruturas físicas, bem como montagem eletromecânica.
Tecnologia do Blogger.