Header Ads

Novo Progresso: Prefeito Afastado Osvaldo Romanholi (PR), denuncia seis vereadores no Legislativo Progressense.

Denúncia contra vereadores é protocolada na Câmara com cópia ao Ministério Público pelo prefeito afastado Osvaldo Romanholi (PR).

A última semana foi tomada de grande polêmica acerca do acúmulo irregular de cargos, recebimento duplo e uso da máquina pública em proveito político próprio por parte dos vereadores em Novo Progresso.

O Prefeito Afastado Osvaldo Romanholi passou mais de seis meses ameaçando vereadores, segundo ele teria um trunfo em mãos para retornar ao cargo, vendo que os vereadores não cederiam a sua vontade após ter solicitação feita e ignorada pelo legislativo, Romanholi resolveu denunciar os vereadores.

Fato este declarado a imprensa pelo ex-secretário de indústria, comércio e trânsito ao protocolar a denuncia no legislativo, João Garimpeiro confirmou que estava protocolando denuncia contra os vereadores a pedido do prefeito afastado Osvaldo Romanholi e que o motivo do protocolo, é porque os vereadores não acataram o pedido do prefeito afastado em voltar o mesmo ao cargo, então por isso estamos protocolando está denuncia, argumentou João Garimpeiro.

A denuncia, foi protocolada na Câmara de Vereadores nesta segunda-feira 01/06/2015, pelo ex-secretário de Indústria, Comércio e Trânsito e suplente de vereador João Garimpeiro, representando o prefeito afastado Osvaldo Romanholi que agora exige a rápida apuração pela Comissão Processante e a devida punição e pede a cassação do mandato acumulada com a devolução dos valores adquiridos irregularmente ao longo de 2013 e 2014 pelos Edis.

Na denúncia, são indicadas diversas datas e valores em que os vereadores recebiam as diárias, Osvaldo denuncia também o recebimento de diárias por servidores , alegando não terem o verdadeiro motivo para tal recebimento, diárias para viagem a Brasília, Belém ,Itaituba, Santarém e Rondonópolis no Mato Grosso. Romanholi protocolou a denuncia em desfavor aos vereadores: Chico Souza(PMDB), Juarez Civieiro (PSDB), Edemar Onetta(PMDB), Sebastião Bueno (PT), Magno Costa(PROS) e Macarrão (PT). Os Servidores envolvidos na denuncia são: Evandro Cortez Soares Souza, Antonio Celso Carneiro, Quezia Camargo Fortes e Breitnner Vidovix.

Na denuncia contra os servidor Breitner Vidovix, Romanholi acusa ter recebido 3 mil reais para viagem até Belém-Pa, para resolver assuntos do legislativo progressense , na denuncia o prefeito afastado alega e afirma  ter absoluta certeza que o referido servidor em hipótese alguma, nunca realizou a referida viagem, acusou Romanholi.

Romanholi questiona também a aquisição pela Câmara Municipal de Material de expediente e combustível e contratação segundo ele , acima do valor permitido sem a devida licitação.

OUTRO LADO

A reportagem do Jornal Folha do Progresso procurou os vereadores envolvidos na denuncia, demonstram estarem tranquilos, porque segundo eles tem como comprovar as diárias.

O Vereador Chico Souza do PMDB, não deixou por menos saiu em defesa e teceu duras criticas ao prefeito afastado, segundo Chicochico o Osvaldo Romanholi está fazendo como o velho ditado “o sujo contra o mau lavado”, ele esta afastado por desvio de dinheiro público e todo dia aparece nova denuncia contra ele no legislativo, não é os vereadores que denunciam o prefeito afastado é o povo, agora ele quer nos obrigar a devolver o cargo sem que ele seja investigado e os fatos apurados, se ele não deve porque teme? Perguntou o edil. Na emissora de rádio local Chico Souza chamou o ex-secretário de indústria, comércio e trânsito João Garimpeiro de Fanfarrão e acusou Garimpeiro de  em sete meses que assumiu a vaga no legislativo de ter recebido mais de R$  21.000,00 (vinte e um mil reais) em diárias, ai não estou dizendo que ele não viajou mas que pegou pegou, ironizou Chico.

O Vereador presidente da Câmara Municipal Ubiraci Sores (PT), disse que entregou a denuncia aos advogados e achou estranho o fato do prefeito afastado ter denunciado somente seis vereadores, segundo ele os outros três também tem diárias recebidas no legislativo.

Macarrão disse que recebe isto como ato de retaliação por parte do prefeito afastado Osvaldo Romanholi, “ele imaginou sermos seis, mas os fiscais do povo são 9 (nove)” , se ele observar a maioria das denuncias foram aceitas por unanimidade entre os vereadores no legislativo , todos estão descontentes e ninguém aguentava mais o desmando por parte do prefeito afastado e sua equipe. O Povo pediu para afastar Romanholi, finalizou Macarrão.

Diárias

Meu dever como presidente é atender as solicitações dos demais vereadores, tendo verba disponível eu libero, quanto as diárias por eles solicitados a minha obrigação e liberar tendo caixa, ao contrário cabe a eles saber o que devem fazer com suas obrigações, comentou.

“A Câmara vai tomar as providências, porque o prefeito afastado denunciou somente 6 vereadores se os nove pegaram diárias. Isso é retaliação do prefeito é vingança, conforme o João Garimpeiro falou em entrevista que tentaram uma reconciliação um acerto com os vereadores, como nós não aceitamos nenhum tipo de proposta e agora ele está fazendo isto, reclamou Macarrão.”

A denuncia foi protocolado fora do prazo; ou seja tem que ser protocolada 72 horas antes da sessão ordinária,  neste caso somente será deliberada dia 13/06 , na próxima sessão no legislativo.

Fonte: Jornal Folha do Progresso 
Tecnologia do Blogger.