Header Ads

Bebê morre na barriga da mãe após injeção de dipirona em hospital, diz família no PA

G1/Santarém
Internada há mais de 48h no Hospital Municipal em Santarém, oeste do Pará, a jovem Daniele Leal de Sousa, de 16 anos, aguarda a retirada do bebê que morreu na sua barriga após injeção de um medicamento para febre, segundo denúncia de familiares.
Na noite de sexta-feira (29) a jovem apresentou febre e foi levada para o Pronto Socorro onde, segundo a família, foi aplicada injeção de dipirona. Após a aplicação do medicamento a adolescente passou mal e na manhã de domingo (31) exames diagnosticaram a morte do bebê, que permanece morto na barriga da mãe.
A jovem que estava grávida de oito meses mora na comunidade Jaquara, em Monte Alegre e acompanhada do esposo e do pai, ela aguardava completar o período da gestação em Santarém. 
Os familiares temem que a demora na retirada do feto morto possa causar infecção interna na paciente. O pai da adolescente disse que a filha não tem passagem para ter o parto normal. “A minha neta já morreu, e se minha filha morrer? Eles não vão pagar pela vida dela. Eu queria que eles tomassem uma providencia o mais rápido possível por que ela não tem mais força. Estão insistindo que ela tenha normal”, disse Dénisson Ozório.
Nota
Em nota, a Secretaria de Saúde informou que a paciente deu entrada no PSM apresentando quadro de infecção. Ela encontra-se em trabalho de parto do feto morto com 8 centímetros de dilatação e está sendo monitorada pela equipe de enfermagem.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.