Header Ads

Justiça arquiva ação contra prefeito de Trairão por crime eleitoral em 2016


Extraído do Blog do Jeso

Prefeito do município de Trairão, oeste do Pará, o tucano Django Ferreira ganhou o primeiro round na ação em que ele e seu vice foram acusados de abuso de poder econômico na eleição vitoriosa de 2016. A sentença, registrada hoje, 8, e lavrada pelo juiz Rafael Grehs, da 34ª Zona Eleitoral (Itaituba), foi pelo arquivamento da AIJE (Ação de Investigação) ajuizada por Ademilson Porto, o Porto da Farmácia (PSC), derrotado por Django na mais recente eleição em Trairão. Porto pode recorrer da sentença junto ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral), em Belém. Porém, não será fácil reverter a decisão, já que o MPE deu parecer pela improcedência do pedido, por falta de provas robustas nos autos do processo.
Django Ferreira foi eleito com 46,91% dos votos válidos do município. Derrotou os candidatos do PSC (Porto da Farmácia, que obteve 32,05% dos votos) e do PMDB (Leocárdio, 21,05%).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.