Header Ads

Itaituba: Mulher mata marido ao tentar desarmá-lo

Na noite do último domingo (21), a pequena vila de Moraes Almeida, em Itaituba, foi o palco de uma tragédia familiar que chocou os habitantes do município do sudoeste paraense e redondezas. Em depoimento, a jovem Vanessa dos Santos da Conceição disse que, em uma briga, ela tentou tirar uma carabina das mãos do marido. 

Charles Andre Maia, que estava embriagado e teria entregue a arma nas mãos da filha do casal, uma criança de quatro anos. Na tentativa de afastar a arma de caça da família, acabou disparando a carabina, e a munição calibre 22 que foi deflagrada atingiu Charles na altura do peito. Mesmo socorrido, o homem morreu na unidade de saúde.
O caso foi por volta de 20h na comunidade que é cortada pela rodovia BR-163 e que, como muitas outras localidades da região, nasceu na corrida do ouro em Itaituba e ainda tem no garimpo um forte pilar econômico. No domingo, uma guarnição do 15º Batalhão da Policia Militar (BPM) foi até o local, por volta de 20h, averiguar a denúncia de um baleamento em uma casa no centro de Moraes Almeida. Chegando ao local, os policiais se depararam com o homem inconsciente no chão, com um ferimento à bala no lado direito do peito. Chales foi socorrido e levado à Unidade de Saúde da vila, mas morreu no hospital, após perder muito sangue. Após sua morte, Vanessa foi detida pelos policiais ainda no posto de saúde.
Questionada, ela disse que tudo havia sido um acidente e apresentou sua versão, dizendo que estava apenas tentando tirar a arma das mãos do marido e proteger a filha. A Polícia Militar conduziu a mulher até a delegacia do município de Trairão para prestar os esclarecimentos sobre o caso. O corpo de Charles Maia também foi encaminhado para Trairão pois, apesar de ser um distrito de Itaituba, Moraes Almeida fica mais perto deste que do outro município.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.