29 de jul de 2016

Santarém: Celpa realiza simulação sobre riscos de acidentes


Eletricistas em ação e muitas simulações de acidentes com riscos de morte. Foi assim o final de semana dos colaboradores da Celpa que atuam no município de Santarém, oeste do Pará. E eles não estavam sozinhos. Uma equipe de engenheiros auxiliou os profissionais, na simulação de situações de risco com a energia elétrica, que aconteceu em algumas áreas da cidade, chamando a atenção dos moradores. O trabalho preventivo com os eletricistas é rotineiro e visa garantir que possam trabalhar com segurança, e ajudar a levar energia elétrica para, aproximadamente, oitenta e cinco mil santarenos, diariamente.
As simulações realizadas se aproximam, ao máximo possível da realidade, utilizando estruturas usuais nos serviços realizados diariamente. Elas servem para reforçar o aprendizado dos técnicos, principalmente na hora de lidar com a energia, e garantir a qualidade no serviço. Na ocasião, eles ainda são orientados sobre como prestar os primeiros socorros em caso de acidente.

No levantamento feito pela empresa, não há registros de acidentes graves em Santarém este ano. Isso é atribuído aos cuidados da empresa para evitar que a vida dos colaboradores fique em risco.
Há quatro anos na empresa Endicon, o eletricista, Pedro Jarlis, participou da simulação pela segunda vez. E cada vez mais se surpreende com o aprendizado adquirido. “Agimos como se fosse tudo real, com equipamentos de última geração”, reforçou.
Para o eletricista, o treinamento não deixa nada a desejar aos grandes centros e permite que as equipes desenvolvam um trabalho com eficiência e qualidade. São quatro horas de treinamento onde os participantes aprendem tudo da área, inclusive a salvar vidas. “Isso envolve sentimento, responsabilidade e, claro, muito cuidado com a gente e com os nossos próximos. Espero nunca poder resgatar um amigo, um chefe de família e, sim, que possamos voltar para casa todos os dias sãos e salvos.
Durante o treinamento, feito com revezamento de equipes (cada uma formada por 20 profissionais), são observadas possíveis falhas, a fim de evitar que problemas semelhantes ocorram no dia a dia, haja vista que o trabalho de campo envolve riscos e qualquer descuido pode ser fatal.
De acordo com o líder técnico da Celpa, Márcio Rêgo, durante o treinamento é possível simular todos os passos de segurança e checar uso de equipamentos modernos adquiridos pela empresa e que são indispensáveis nas ações de campo. “Trabalhar com energia elétrica requer cuidados e muito treinamento, por se tratar de um trabalho perigoso se não manuseado corretamente”, finalizou.

Briga em barco que retornava do Parana Miry termina em morte na orla de Itaituba

No fim a tarde do último (20), ocorreu um homicídio na orla, próximo o porto da Sonda. Segundo relatos de outros passageiros de ...

Postagens mais visitadas