21 de mar de 2017

Itaituba: Reunião sobre violência mostra a força e a indignação de uma sociedade cansada de apanhar de bandido


A Associação Empresarial e Industrial de Itaituba (ASEII) e a Câmara de Dirigentes Lojista (CDL), tomaram a iniciativa de fazer uma grande reunião com quem quis participar, na Barraca de Eventos, no começo da noite de hoje.

O objetivo precípuo foi chamar atenção e discutir a violência que só faz aumentar no município de Itaituba, não é de hoje.

O assalto de sábado de manhã, no qual um empresário e sua família ficaram reféns de bandidos durante algumas horas apressou a convocação, pois ninguém tem mais segurança nesta cidade.

Um bom número de pessoas esteve no local, de diversos segmentos da sociedade.

Na ocasião, os vereadores Diego Mota e Peninha falaram, representando a Câmara Municipal.


Diego disse que a violência precisa ser encarada como um problema de todos, não, apenas de parte da sociedade.

Peninha falou que até pouco tempo, os bandidos eram presos pela parte da manhã, e à tarde já estavam soltos. Agora, disse ele, a polícia prende de manhã, e eles ganham liberdade de manhã mesmo.

O comandante do 15º BPM falou das dificuldades que a corporação enfrenta para combater o crime, que vão desde o número insuficientes de militares para atender à demanda de toda a região sudeste do Estado, até problemas por falta de uma melhor infraestrutura.

Já o delegado regional, Vicente Gomes, colocou-se se manifestou, colocando inclusive, seu telefone à disposição para que a população possa fazer denúncias. É o 99165 6065, ou 181, pelo qual podem ser feitas denúncias anônimas.

Foi citado que os deputados que representam o município em nível estadual, Hilton Aguiar e Eraldo Pimenta não estão conseguindo dar as respostas que a sociedade precisa para melhorar essa problemática da violência.

Fabrício Schuber, presidente da ASSEI, foi breve em suas palavras, deixando para o presidente Patrick Souza, da CDL, a fala final, que fechou a reunião.

Fabricio informou ao blog, há pouco, que conforme tratado na reunião de hoje à tarde, o comandante geral da Polícia Militar no Estado, coronel Roberto Campos, estará em Itaituba na próxima sexta-feira.


Já está agendada uma reunião com ele, com a participação de diversas entidades de Itaituba, incluindo os poderes constituídos, como a Câmara, para discutir essa questão da falta de segurança, que permite o avanço da violência.

Na sexta pela manhã haverá uma caminhada que começará na Travessa João Pessoa, que mobilizará a sociedade local, de modo particular a classe empresarial, estando acordo, que à medida que a caminhada for passando, as lojas estarão sendo fechadas em sinal de protesto pela violência, e para chamar atenção das autoridades da capital do Estado para a gravidade da situação.

E assim, a comunidade itaitubense dá um sinal de amadurecimento, deixando de esperar que a solução dos seus problemas surja por passes de mágica. Arregaça as mangas, e vai à luta.

Texto: Jota Parente

PM prende em Jacareacanga foragido da justiça de Itaituba

No ultimo domingo (13),  Policiais Militares da UIPP de Jacareacanga prenderam Valdinei Cardoso Costa (foto). Contra ele há um mandado d...

Postagens mais visitadas