Header Ads

OAB denuncia juiz de Rurópolis ao CNJ

Atual juiz da comarca de Rurópolis, Gláucio Assad foi denunciado CNJ (Conselho Nacional de Justiça) pela subsecção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em Santarém.

Segundo a OBA, Assad age negligentemente e com descaso na tramitação dos processos sob sua jurisdição, atrasando-os em demasia.

inda segundo a entidade, Gláucio Assad se ausenta da comarca durante a semana, no horário do expediente, sem qualquer justificativa, para pescar, deixando advogados, partes e testemunhas com audiências previamente designadas esperando por até 5 horas para, em seguida, serem informados que as audiências não irão ocorrer porque o “juiz não se encontrava na comarca”.

Essa prática, conforme apurou a OAB, vem ocorrendo, de modo reiterado, há cerca de 3 anos.

A entidade denunciou ainda ao CNJ que que “é comum os auxiliares de justiça conduzirem audiências, sem a presença do juiz, em razão do magistrado estar em local incerto e não sabido (ou está pescando ou está na fazenda)”.

- Embora os advogados tenham tentado, através do diálogo, resolver essa situação, se veem hoje indignados com a falta de ética do juiz que deveria dar exemplo de imparcialidade, presteza e responsabilidade e que, ao contrário, macula a idoneidade de sua classe e os princípios que embasam a finalidade constitucional do Poder Judiciário – acusa a OAB.

Fonte: Jeso Carneiro

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.