Header Ads

MANTIDA PRISÃO DE ACUSADO DE TRIPLO HOMICÍDIO EM ITAITUBA


Os desembargadores das Câmaras Criminais Reunidas mantiveram a prisão do advogado Altair dos Santos, (acusado de ser mandante de triplo homicídio em que são vítimas a sua ex - esposa, a advogada e procuradora municipal de Itaituba Leda Marta Lucyk dos Santos, a filha do casal, de 9 anos, e a secretária de Leda, Hellen Taynara Siqueira Branco. A motivação do crime seria passional, considerando que o acusado já teria feito diversas ameaças à advogada, e não aceitaria a separação conjugal, nem a independência financeira da vítima.

A relatoria do habeas corpus liberatório coube ao desembargador Raimundo Holanda Reis.

O crime ocorreu em uma loja de propriedade da advogada, localizada no município de Itaituba. Conforme a denúncia do Ministério Público, Dejaci Ferreira de Sousa (também acusado no processo e que está foragido), teria sido contratado por Altair para executar o assassinato. Mãe e filha foram mortas a golpes de faca no dia 22.02.2014. Quando Helen chegou para trabalhar, presenciou o crime e também foi vitimada com vários golpes de faca. A arma usada no crime foi encontrada em uma lixeira, próximo ao local em que as vítimas foram assassinadas.
Tecnologia do Blogger.