Header Ads

Parazão pode não ter santarenos

Ainda com um ano de antecedência para sua realização, o Campeonato Paraense de 2014 começa a ter suas primeiras movimentações em relação aos times que entrarão na disputa. Os dois maiores clubes do Oeste do Estado, São Francisco e São Raimundo, dizem que não terão condições de disputar a competição regional por falta de local para disputar as partidas. A decisão veio depois de uma reunião na sede da Liga Esportiva Santarena.

O Estádio Barbalhão atualmente passa por reformas para ampliação de arquibancadas e está fechado para qualquer partida de futebol, sendo liberado somente para realização de eventos religiosos. A previsão atual de entrega do estádio é só para 2015.


O principal argumento dos times é a questão financeira. Jogando longe de casa, São Francisco e São Raimundo afirmam que serão penalizados no bolso. “O engenheiro do consórcio que faz a reforma disse que as partidas de futebol estão proibidas, já até destruíram os vestiários. A cidade mais viável para jogar seria em Belém, mas não temos torcida lá, não ia dar nem pra pagar o aluguel do estádio”, revelou o presidente do São Francisco, Milton Maia. 

REFORMA
O Barbalhão está em reforma desde o início de abril. Prevista para gastar R$ 19 milhões de reais, a obra é custeada pelo Governo do Estado. O estádio chegou a receber partidas em maio, mas elas foram proibidas novamente esta semana. Após a reforma, o estádio terá espaço para 22 mil pessoas, aumentando em seis mil o número de torcedores sentados. Além disso, placares eletrônicos e vestiários climatizados estão na lista de melhorias.

Os times santarenos aguardam um posicionamento da Federação Paraense de Futebol (FPF) sobre a questão.

(Diário do Pará)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.