7 de mar de 2018

Vereador Daniel Martins denunciam falta de manutenção no trecho da Transamazônica entre Itaituba e Jacareacanga

A situação de parte da BR 230 entre Itaituba e Jacareacanga é calamitosa.

Semana passada os carros ficaram parados por muitas e muitas horas nos locais mais críticos, por absoluta falta de condições de seguir em frente.

Tudo isso diante do fato de haver uma empresa, a LCM, que deveria estar dando manutenção, pelo menos durante o verão para que a estrada tivesse, ao menos, uma condição razoável de tráfego no rigoroso inverno deste ano.

Resultado de imagem para fotos dos atoleiros na transamazônica para jacareacanga
Foto: Giro Portal
O assunto não passou em branco na sessão da Câmara, uma vez que o vereador Daniel Martins denunciou essa situação que aflige, tanto motoristas, quanto passageiros que precisam se deslocar entre os dois municípios. 

"A empresa LCM venceu uma licitação em 2015 para fazer essa manutenção. Nós temos sido procurados por pessoas do km 28, sentido Itacimpasa, e de outros trechos, por causa dessa situação. Um motorista da comunidade do km 28 me procurou no sábado, trazendo fotos de uma viagem que ele fez, de lá até Itaituba, na qual gastou 1 hora e 30 minutos. Eu mostrei essas fotos durante a sessão.

Essa empresa LCM ganhou a licitação para executar três contratos. Um trecho vai de Itaituba até a reserva, outro vai da reserva até o rio Cuatá e de lá até a divisa com o estado do Amazonas. 

Ora, esse contrato totaliza quase R$ 28 milhões para ela fazer a conservação da estrada. Aí, eu pergunto: quando foi que a população viu uma máquina da LCM fazendo algum trabalho de recuperação desse trecho do km 28, por exemplo?

Na manhã de terça-feira, motoristas e diretores da Cooperativa Buburé vieram com a gente, até a Câmara, pedir ajuda, principalmente aqueles que transportam passageiros. Vimos um ônibus de transportava alunos do km 28, quase tombado na estrada. 

Estamos mandando ofícios para o diretor do DNIT no estado do Pará, ao chefe do DNIT em Itaituba e para a LCM para que informem a gente sobre alguma providência. 

Somente pelo trecho de Itaituba até a reserva, a empresa recebeu R$ 7 milhões e 798 mil.

Pode ser que a empresa diga, ah, é inverno. Então, porque não foi feito o serviço no verão", disse o vereador.

Nenhum comentário:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Comerciante é assassinado dentro de seu estabelecimento em Santarém

O comerciante Iran Cordeiro de Paula, de 70 anos, proprietário do estabelecimento “Bar do Iran”, localizado na Av. Magalhães Barata, esqu...

PortalBuré

Portal Buré © 2016. Tecnologia do Blogger.