Header Ads

Polícia apreende droga avaliada em R$ 5 milhões em aeronave que fez pouso forçado em Mato Grosso

Cerca de 340 quilos de cloridrato de cocaína foram apreendidos pela Polícia Judiciária Civil, dentro de uma aeronave caída na zona rural do município de Pontes e Lacerda (448 km de Cuiabá), após o avião fazer pouso forçado, ontem. A droga apreendida tem valor equivalente a R$ 5 milhões. Quatro homens foram presos em flagrante.
droga 1
Além da droga, duas armas de fogo foram apreendidas. O piloto da aeronave, de 59 anos, descendente nacional da República Dominicana, e um boliviano, de 47, foram autuados pelos crimes de tráfico e associação para o tráfico internacional de drogas. Outros dois, de 29 e 39 anos, trabalhadores de uma propriedade agrícola, foram autuados em flagrante por furto qualificado pelo concurso de pessoa, tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.
De acordo com a assessoria da Polícia Civil, as investigações iniciaram após denúncia sobre uma suposta aeronave que tinha feito pouso forçado a cerca de 60 quilômetros, da zona urbana do município.
Os policiais civis foram até a região e durante buscas encontraram um avião de pequeno porte abandonado, pintado com uma bandeira boliviana. Dentro estavam sete sacos médio e lacrados, com substância análoga a cloridrato de cocaína. Ao todo foram apreendidos 165 tabletes de droga.
Os investigadores realizaram rondas nas imediações e conseguiram surpreender os dois estrangeiros, que caminhavam por uma estrada. Na abordagem foi apreendido em poder do boliviano e dominicano, um aparelho de GPS da aeronave, confirmando as suspeitas.
Eles foram conduzidos à Delegacia de Polícia de Pontes e Lacerda e entrevistados em inglês por não falarem português. Durante oitivas, os dois assumiram que transportavam a droga, revelando que carregavam dentro da aeronave mais de 300 quilos de entorpecente. Quantidade maior do que a encontrada.
Os policiais civis retornaram no local do pouso do avião e entrevistaram as pessoas da região, até chegar a dois rapazes que demonstraram muito nervosismo. Ao serem perguntados sobre o conhecimento da queda do avião, acabaram confessando que após o pouso foram até o local ver o que havia acontecido, e furtaram sete pacotes, com 164 tabletes de droga. Depois utilizando um trator enterraram o entorpecente. Na casa dos dois envolvidos também foram apreendidas duas espingardas.
Fonte: Redação Só Notícias

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.