Header Ads

Itaituba: ASSEMBLEIA DO POVO MUNDURUKU DO MÉDIO TAPAJÓS.

Está acontecendo na Praia do índio - Itaituba, sudoeste do Pará, a XV Assembleia do Povo Munduruku do Médio Tapajós.
Assuntos discutidos, Saúde, Educação, Território, Resistência, Autonomia e Floresta. A Assembleia, começou na quinta-feira (18) e encerrou nesse domingo (21).

A assembleia acontece quase todos os anos, e tem sido importante instrumento de luta do povo Munduruku contra as ameaças externas a seus territórios e para fortalecimento de sua cultura. As reuniões para tomadas de decisões e para elaborar estratégias de luta são práticas inerentes a esse povo guerreiro, conhecido por seus inimigos históricos como “formigas vermelhas” por causa de sua tradição de luta.

Durante os quatros dias de assembleia, assuntos relacionados a saúde, educação indígena diferenciada, fortalecimento da cultura Munduruku, diagnóstico da saúde da terra,  direitos dos povos indígenas no Brasil e no mundo foram discutidos de forma incansável, sempre precedidos de rituais, por todos os presentes: caciques, lideranças, mulheres, guerreiros, guerreiras, pajés e crianças. 

As reuniões se estendiam até tarde da noite para recomeçarem cedo no outro dia. Alessandra Korap, presidente da associação indígena Pariri, explica que é na assembleia que o povo Munduruku, com seus parceiros e aliados, analisa todas as ações realizadas por eles durante todo o ano.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.